Sala experimental

BONITA, RICA E TRIPOLAR

 Rica, Bonita e Tripolar DE 01 de JULHO a 01 de OUTUBRO de 2017.

Direção: Roberto Bento
Supervisão Geral: Renato Papa
Elenco: Flavia Mercadante, Alexandre Luz e Marcelo Gonçalves
Produção: Caio Henrique e Roberto Bento
Ingressos: R$ 50,00 inteira, R$ 25,00 meia (mediante apresentação de comprovante)
Horários: sábados 21h30 e domingos 19h30
Sala: Experimental – 50 lugares
Gênero: Comédia
Duração: 70 minutos
Classificação: 14 anos
Sinopse: TRêS ATORES, SETE PERSONAGENS, NUM TEATRO DO ABSURDO, COM UMA PITADA BRECHTINIANA, ONDE O NARRADOR PASSA A SER A PERSONAGEM PRINCIPAL E OS PROTAGONISTAS, MEROS COADJUVANTES. E O OBJETIVO É PODER LEVAR AO ESPECTADOR MOMENTOS DE ENTRETENIMENTO E DIVERSÃO, PASSANDO PELAS SITUAÇÕES QUE PODEM ACONTECER NA VIDA DE QUALQUER UM, A FINAL O ABSURDO É UMA CONSTANTE EM NOSSAS VIDAS. O PUBLICO LOGO SE VÊ À VONTADE E DENTRO DO ESPETÁCULO, GRAÇAS AO NARRADOR QUE LOGO QUE TEM UMA CHANCE TOMA POSSE DO ESPETÁCULO, ALIÁS, ELE SE ACHA, ENTÃO A PARTIR DAÍ EMA RITA, GUILHERME, ITO, A SOGRA, O MORDOMO E A MÃE, PASSAM A SER MEROS COADJUVANTES DESTE DOIDO… SEM FALAR QUE EM TODA FAMÍLIA SEMPRE E ALGUÉM SE METE NOS RELACIONAMENTOS, E COM GUILHERME NÃO PODERIA SER DIFERENTE, LOGO ESTA COMÉDIA É IDENTIFICADA PELO PUBLICO COMO UM RETRATO DE ALGUÉM QUE SE CONHECE.
compre_agora

ENTRE ALICE

 arte_site_Final DE 07 de JUNHO a 27 de JULHO de 2017.

Direção e Técnica: Diego Chimenes
Elenco: André Collin, Bruna Izar, Gabriela Mendes, Gustavo Zanetti, Sabrina Estefam, Vinicius Candoti
Ingressos: R$ 40,00 inteira, R$ 20,00 meia (mediante apresentação de comprovante)
Horários: Quartas e quintas, 21h
Sala: Experimental – 50 lugares
Gênero: Adulto
Duração: 75 minutos
Classificação: 16 anos
Sinopse:“Entre Alice” nasceu de um longo processo de pesquisas e experimentações cênicas partindo dos termos “loucura” e “tempo”. Inspirado no conto de Lewis Carroll, o espetáculo conta a história de Alice, uma garota que, de repente, se vê internada em uma clínica psiquiátrica onde tenta distinguir o real do imaginário.
compre_agora

OCUPAÇÃO (NÓS)

INSTAGRAM DE 06 de MAIO a 25 de JUNHO de 2017.

Texto e direção: Rafael Salmona
Elenco: Bianca Almeida, Denise Dietrich, Helena Miranda e Indira Nascimento, Thais Muller.
Sonoplastia: Yaminah Garcia
Desenho de Luz: Nicolas Caratori
Assessoria de Imprensa: Carlos Gilberto
Ingressos: R$ 60,00 inteira, R$ 30,00 meia (mediante apresentação de comprovante)
Horários: Sábado 21h30 e Domingo 19h.
Sala: Experimental – 50 lugares
Gênero: Drama
Duração: 70 minutos
Classificação: 16 anos
Sinopse: Cinco mulheres num cômodo sujo e úmido dividem, com a plateia, os conflitos e medos em relação ao mundo exterior. Reunidas, elas compartilham assuntos e experiências referentes ao universo feminino. A plateia é convidada a integrar a discussão acerca do feminismo, estupro, machismo, racismo, cultura da beleza, lapsos de memórias e o real papel da mulher na sociedade. Coisas estranhas acontecem no decorrer dos dias e a sensação de desnorteamento se agrava com o sumiço de uma vela. Este é o ponto de partida para o espetáculo “Ocupação (Nós)”. Com texto e direção de Rafael Salmona, o espetáculo resulta de relatos e pesquisas apresentados pelas atrizes Bianca Almeida, Denise Dietrich, Indira Nascimento, Helena Miranda e Thais Muller.
compre_agora

PALHAÇOS… PORQUÊ NÃO?!

Palhaços... pq não_ com acento DE 21 de ABRIL a 30 de JUNHO de 2017.

Texto: Régio Moreno e Sérgio Buck
Elenco: Sérgio Buck (Palhaço Capilé) e Matheus Carminatti (Caixeiro Zeca Paranhos).
Cenário, Adereços e Figurinos: Cia. Arte & Ribalta
Estúdio e Trilha Sonora: A Cia.
Pesquisa e colaboração de texto: Matheus Carminatti
Produção Executiva: Sérgio Buck e Matheus Carminatti
Supervisão Artística: Régio Moreno
Direção Geral: Sérgio Buck
Realização: Cia. Arte & Ribalta
Divulgação: Olho na Mídia
Ingressos: R$ 50,00 inteira, R$ 25,00 meia (mediante apresentação de comprovante)
Horários: Sextas, 21h30
Sala: Experimental – 50 lugares
Gênero: Adulto
Duração: 80 minutos
Classificação: 12 anos
Sinopse: “Palhaços…Porquê Não?” leva ao público a importante mensagem de que é preciso acreditar em sonhos para que tudo se transforme em realidade, utilizando piadas inteligentes que transitam por questões políticas,entre outros temas. A peça narra o encontro de um palhaço e um caixeiro viajante, durante uma tarde qualquer, resultante em uma franca conversa repleta por diálogos que levam à reflexão ao passado e ao tradicional mundo circense, onde a ingenuidade e a leveza retratavam uma época poética. “O contraste do “ontem” e do “hoje”: nobreza, caráter, humildade, solidariedade, amizade, o riso solto e leve, a consciência política e social; geram na conversa o resgate aos valores. São descobertas  um mundo novo de muita tecnologia, porém frio, resultando em humor e muita emoção, deixando claro, que um sorriso, o sonho e as boas lembranças podem construir um mundo melhor, basta você acreditar.
compre_agora