BRUTA FLOR

 

Bruta Flor B DE  06 e 27 de OUTUBRO de 2017.

Texto: Vitor de Oliveira e Carlos Fernando de Barros
Elenco: Adriano Arbol, Érika Farias e Willian Tucci
Direção: Marcio Rosario
Cenografia:  Reinaldo Patrício.
Figurinos: Amyr Slama
Cenotécnico: Reinaldo Patrício
Trilha Incidental: Cida Moreira
Efeitos Sonoros: Pedro Lemos
Desenho de Luz: Guilherme Orro e Marcio Rosario
Operação de Luz: Roberto Herrero
Operador de Som: Jamile Godoy
Expressão Corporal: Rodrigo Eloi Leão
Preparação Vocal: Marcello Boffat
Fotografia: Ronaldo Gutierrez.
Maquiagem e Cabelos: Edi Rodrigues
Personal Trainer (Elenco): Daniel Silveira
Assessoria de Imprensa: Adriana Monteiro
Assessoria VIP: Zezzo Fonseca
Administração, Captação de Recursos e Produção Executiva: Daniel Chiarelli
Mídias Sociais: Angel Jackson
Direção e Produção Geral: Marcio Rosario
Realização: Três Tons Visuais
Ingressos: R$ 70,00 inteira, R$ 35,00 meia (mediante apresentação de comprovante)
Horários: SEXTAS, 21h30
Sala: PAULO GOULART – 280 lugares
Gênero: LGBT
Duração: 80 minutos
Classificação: 16 anos
Sinopse:
O texto inédito de Vitor de Oliveira e Carlos Fernando Barros tem em seus interpretes um elenco harmonioso e de total entrega teatral. Na trama, os atores mergulharam sem rede de proteção em um texto denso que trata da homofobia internalizada e sua possível consequência trágica. A dramaturgia aborda o relacionamento de dois homens, Lucas e Miguel que se encontram presos em um lugar desconhecido e começam a relembrar a trajetória deles, desde a adolescência. Miguel vai estudar em Londres e eles se afastam. Mais de 10 anos depois, ele volta para o Brasil e reencontra Lucas no metrô. Um reencontro que traz à tona sentimentos que até então desconhecia. A relação vai ganhando contornos dramáticos envolvendo a aceitação da homossexualidade.
compre_agora